“A Malásia está atualmente classificada como o 11º destino de estudo preferencial do mundo segundo a UNESCO.”
 
O governo da Malásia está comprometido com sua visão de transformar o país em um destino de educação de alta qualidade para estudantes de todo o mundo. O Ministério do Ensino Superior do país monitora todas as instituições para garantir que elas sigam os mais altos padrões.
Como resultado, muitas universidades estrangeiras de renome de países como os Estados Unidos, o Reino Unido, a Austrália e a Nova Zelândia abriram filiais na Malásia ou estabeleceram parcerias de colaboração com instituições malaias.
 
População: Aprox. 31,830,000
Capital: Kuala Lumpur
Área: 330,803 km2
Moeda: Ringgit MYR
Cidades Populares: George town, Kota Kinabalu
 
Viver na Malásia 
Os estudantes internacionais que estudam na Malásia terão a experiência de viver em uma sociedade plural e multicultural. As diversidades étnicas da Malásia expõem os estudantes a uma vida com valor agregado, visão global e melhor compreensão de diferentes culturas, grupos étnicos e tradições em todo o mundo. Além de se misturar com estudantes malaios, os estudantes internacionais também são expostos a outros estudantes de diferentes nacionalidades.
 
Excelência acadêmica
  • Mais de 30 anos de experiência em educação internacional
  • Atende a 2% da população estudantil internacional em todo o mundo
  • Provê educação para aproximadamente 100.000 estudantes internacionais
Padrões de Qualidade
A qualidade das instituições de ensino na Malásia é monitorada através da aplicação do legislação do governo da Malásia, como a Lei da Educação, bem como por entidades de classe como as Instituições Educacionais Superiores Privadas e a Agência de Qualificações da Malásia. A Agência de Qualificação da Malásia (MQA) fornece diretrizes e monitoramento constante para garantir que as faculdades e universidades atendam aos mais altos padrões de educação e sejam reconhecidas internacionalmente.
Instituições de ensino superior na Malásia fornecem educação profissional, voltada para a carreira, oferecendo cursos atualizados e relevantes para o mercado. Os graduados da Malásia não têm problemas em encontrar emprego em seu país de origem. Os estudantes internacionais também podem obter um diploma credenciado e reconhecido no Reino Unido, EUA, Austrália, Canadá e Nova Zelândia, através dos programas de parcerias com as universidades desses países ou mesmo em filiais dessas universidades na Malásia.
 
Admissões
Os períodos de admissão das universidades são em junho / julho e janeiro / fevereiro. Algumas faculdades também podem ter admissões em março e novembro.
 
Emprego
A lei da Malásia permite que os titulares de Visto de  estudante trabalhem enquanto estudam. Isso permite que os alunos complementem sua renda ganhando um dinheiro extra para viagens e atividades de lazer. Os alunos podem trabalhar em período parcial por no máximo 20 horas por semana.