Morar, estudar e trabalhar em Melbourne

Considerada como a melhor cidade para se viver no mundo por 7 anos consecutivos, Melbourne é a capital do estado de Victoria e é a segunda maior cidade da Austrália. Sua crescente população de 4,2 milhões rivaliza com 4.6 milhões de Sydney.
A cidade é sede de 8 universidades totalizando cerca de 300 mil alunos, sendo mais de um terço de estudantes internacionais. Isso faz de Melbourne, confortavelmente, a maior cidade universitária da Austrália e um dos maiores destinos de estudantes estrangeiros em todo o mundo.
Melbourne é conhecida por sua cultura variada e dinâmica. Possui inúmeros eventos culturais e apoia uma mistura eclética de restaurantes e bares. A cidade também é um importante polo desportivo da Austrália promovendo eventos mundiais como F1 e Austrália Open. É classificada como a melhor e mais habitável cidade da Austrália para estudantes.
 
Geografia e clima
Melbourne está costrída em torno da Baia de Port Phillip, na margem sul da Austrália continental. A cidade se destaca por vales e colinas baixas. O rio Yarra e seus riachos e afluentes cruzam toda a cidade de  Melbourne.
Melbourne tem um clima sazonal e muitas vezes parece produzir todas as 4 estações em um único dia. Com uma temperatura média de 20º., a cidade pode parecer mais fria em comparação com a maioria das cidades australianas devido à sua latitude sul e à exposição ao oceano do sul. Mas também é afetado às vezes pelo ar quente e seco vindo do interior da Austráliar.
 
Universidades
Melbourne é a sede de 8 universidades, mas contém um número muito maior de campus de várias outras Universidades importantes com sede em outros estados. A maioria dos locais da universidade estão dentro ou perto do centro da cidade.
A Universidade de Melbourne é indiscutivelmente a universidade mais prestigiada do país. É classificada como uma das melhores do país com base na reputação internacional e bons resultados de carreira para graduados.
A Universidade de Monash também é uma universidade reconhecida internacionalmente e tem 5 campus espalhados por Melbourne. É a maior universidade da Austrália, com quase 60 mil alunos, e tem o segundo maior número de estudantes internacionais (20,000+).
A Universidade Deakin tem um grande campus fora do centro de Melbourne, bem como campus em outras partes de Victoria. É mais orientada para o ensino do que a maioria das universidades e os graduados avaliam muito bem os seus cursos.
A Universidade La Trobe tem seu campus principal em Bundoora, um bairro a cerca de 16 km a NE do centro da cidade. A universidade também tem vários outros campus em Victoria.
A Swinburne University of Technology tem 4 campus em Melbourne, com o campus principal em Hawthorn a 8 km da CBD. A universidade é tanto uma instituição de formação profissional,  oferece cursos de graduação e pós-graduaçãoe etem muitos cursos especializados não universitários.
A Universidade RMIT é um instituto de ensino e pesquisa aplicada que se concentra no design, tecnologia, saúde, globalização e sustentabilidade. É baseado no centro da cidade, ocupando edifícios em vários quarteirões, e também tem campus em outras regiões fora do centro. A universidade tem o maior número de estudantes internacionais na Austrália (26.000).
Universidade de Victoria oferece cursos de licenciatura e formação profissional. Funciona nos bairros ocidentais de Melbourne e no centro da cidade. A universidade foi fundada como Escola Técnica Footscray em 1916 e ganhou o status de universidade em 1990.
A Universidade da Divindade é uma pequena instituição que oferece cursos de filosofia e estudos religiosos. Tornou-se uma universidade em 2012 e foi formada por faculdades instruindo em várias denominações do cristianismo.
 
Estilo de vida em Melbourne
Melbourne mantém um forte senso de comunidade para uma cidade de mais de 4 milhões de pessoas.
A coesão da cidade vem em parte de uma apreciação compartilhada dos esportes. Os cidadãos de Melbourne se reúnem regularmente em grande número para grandes eventos esportivos, incluindo a finais do AFL, cricket, futebol e rugby, na Australian Open para ver as grandes estrelas mundiais do tenis e o circuito de Fórmula 1.
Arte de rua - Croft Street. A arte de rua contemporânea da Austrália começou com um pequeno grupo de pintores de graffiti com motivação política no final da década de 1970. Ele se transformou de uma subcultura para a atração turística dominante.
Australian Football League - Aussie Rules (AFL) . Em um país orientado para esportes, Melbourne é a capital do esporte. Enquanto o campeonato da  AFL é a principal atração, grandes multidões se reúnem para eventos como jogos de cricket e o Australian Open of Tennis.
As artes, a moda e os eventos culturais também fazem parte do tecido da cidade. Melbourne possui uma qualidade permissiva e gratuita em que florescem os empreendimentos artísticos. A auto-expressão aparece na arte de rua, moda alternativa, música ao vivo e festivais - como o Melbourne Fringe Festival e festivais de artes, filmes e comédia.
É uma cultura que se adapta perfeitamente às preferências da comunidade estudantil. Você pode encontrar uma abundância de entretenimento barato e diversificado. Existem bares de nicho com música ao vivo grátis, restaurantes baratos
Mas Melbourne também se destaca pela sua geografia plana e facilidades para ciclistas sem conflito com o seu trânsito bem organizado,  tem exuberantes parques distribuídos por toda a cidade tingindo a paisagem de verde, e tem praias a 10 minutos do centro da cidade (CBD).
 
Economia e Trabalho
Melbourne apresenta um ambiente empresarial competitivo e dinâmico, contribuindo com 27,1% de todo o crescimento do PIB australiano em 2016-17, 2,8% maior que no período anterior.
Uma lista crescente das principais empresas internacionais fez Melbourne a sua sede na Austrália, incluindo ExxonMobil, Toyota, Mondelez, Cargill, Alibaba, CITIC, Glencore, Qenos, GSK e Siemens. Melbourne também é base para as principais empresas australianas, incluindo os bancos Amcor, CSL, Telstra, ANZ e NBA e a maior empresa de mineração do mundo BHP Billiton. Mais de um quarto das empresas australianas de serviços financeiros estão localizadas em Victoria.
As perspectivas de emprego são bastante boas para pessoas que planejam se mudar para Melbourne. As principais indústrias em Melbourne e em Victoria como um todo, incluem a indústria automotiva, aviação, construção e construção, educação, engenharia, enfermagem, serviços financeiros e tecnologia de informação e comunicação. Muitos dos empregadores da cidade recebem migrantes que procuram trabalho e há uma taxa de desemprego razoavelmente baixa.
O estado de Victoria teve um crescimento muito forte de 5,8 por cento em 2016-17, a maior taxa de crescimento desde 1999-2000. Quase 40 por cento desse crescimento vieram de produção agrícola muito forte e um impulso na fabricação de alimentos associados.