23000 estudantes poderão voltar para o estado de Victoria - Austrália ao final de Janeiro de 2021

Anteriormente, o primeiro-ministro australiano, Scott Morrison, e o primeiro-ministro do estado de Victoria, Dan Andrews, expressaram preocupação em trazer estudantes internacionais de volta para a Austrália, enquanto há vagas limitadas na quarentena de hotéis e muitos australianos estão esperando para voltar para casa. Ao fazer com que os alunos internacionais evitem totalmente a quarentena de hotel, a nova proposta oferece uma solução justificável para essas preocupações. 

O presidente executivo da Scape Student Accommodation, Craig Carracher, explica que as acomodações para estudantes são melhores para quarentena do que hotéis. 

“É um ambiente muito diferente de um hotel e é mais adequado para quarentena”, diz ele. “Temos o dever de cuidar dos alunos, oferecemos cuidado pastoral, temos segurança e gestão 24 horas nos sete dias da semana”.

A proposta foi apresentada por várias organizações de estudantes internacionais e provedores de acomodação comprometidos em trazer os estudantes internacionais de volta para Victoria o mais rápido possível. 

O retorno dos estudantes vitorianos foi significativamente atrasado por uma segunda onda de coronavírus que atingiu o estado. Agora que Victoria se recuperou da segunda onda, o presidente-executivo da Associação Internacional de Educação da Austrália, Phil Honeywood, pediu ao governo de Victoria que faça do retorno dos alunos uma prioridade.

Os governos estaduais australianos são responsáveis ​​por seus próprios arranjos de quarentena para estudantes internacionais, e é por isso que você verá alguns alunos retornando a outros estados antes de retornar a Melbourne. Cada governo estadual elaborou seu próprio plano para ver o retorno dos estudantes internacionais.

A Premier de NSW, Gladys Berejiklian, anunciou recentemente um plano para alocar até 1.000 vagas de quarentena por semana para estudantes internacionais e migrantes qualificados que retornam ao estado, e o estado de North Territory está analisando o retorno dos estudantes por meio do programa piloto da Universidade Charles Darwin. Embora o programa piloto do estado de South Australia tenha sido atrasado por um surto recente, o Premier da Austrália do Sul, Steven Marshall, diz que o estado espera receber de volta os estudantes internacionais . A estratégia de Victoria está marcada para ser revelada após 21 de dezembro. 

Atualmente, apenas 160 chegadas internacionais têm permissão para entrar em Victoria por dia, apesar de haver mais de 80.000 estudantes internacionais e 39.000 australianos esperando para retornar ao estado do exterior. 

Se a nova proposta for aceita pelo governo de Victoria, 23.000 desses alunos poderão retornar a Victoria em voos fretados pagos por empresas de hospedagem entre janeiro e abril do próximo ano. 

O governo de Victoria vai discutir a proposta em gabinete nesta sexta-feira 18 de Dezembro.

 

 

Fonte: InsiderGuide              

Click aqui para ver o artigo original - Link